DEA como sistema para fabrico inteligente

Carbon fiber-reinforced plastics (CFRPs)

Os plásticos reforçados com fibra de carbono (CFRPs) representam um mercado em rápido crescimento que tem o potencial de influenciar muitas indústrias, incluindo a indústria automóvel. Estes materiais compósitos são, habitualmente, monitorizados após a sua produção. Esta falta de monitorização do processo bem como do equipamentos de controlo tem vindo a impedir o avanço dos CRFPs junto de mercados de alto volume tais como a indústria automóvel.

No seu estudo, Alexander Chaloupka e a sua equipa discutem esse desafio e oferecem uma potencial solução. Ao instalar um sensor dielétrico reutilizável no molde, foram capazes de medir o comportamento em tempo real dos polímeros envolvidos no fabrico dos CFRPs. O sensor instalado foi criado para suportar quaisquer influências do processo, incluindo temperatura e pressão.

Para além do sensor físico, a equipa usou ainda um analisador dielétrico para interpretar os dados recolhidos pelo sensor em tempo real. A presença desse analisador permitiu que os investigadores determinassem pontos críticos no processo de fabrico, como a viscosidade mínima e a temperatura de transição vítrea que são fundamentais na prevenção do comportamento dos materiais em processamento. A previsão destes comportamentos permite técnicas complexas de fabrico e a transformação de pequenas amostras em componentes maiores.

Esta combinação exclusiva de um sensor reutilizável e análise em tempo real garantiria a qualidade do produto ainda no molde, bem como contribuiria para o fabrico de compósitos baseados em sensores totalmente automatizados no futuro. OS CFRPs poderiam alcançar indústrias de alto nível com base nessa combinação, o que ajudaria a controlar os processos de fabrico e os custos.

Consulte o artigo original em: https://www.netzsch-thermal-analysis.com/en/header/about-netzsch/about-netzsch/news/details/advancedsciencenews-focuses-on-dea-as-a-system-for-intelligent-manufacturing/

  • Partilhar: