Produtos

Separação de partículas ou macromoléculas, de 1nm até 1000um

Field-Flow Fractionation (FFF) representa uma família base de técnicas, composta por várias sub-técnicas, destinada à separação em fase líquida de partículas e/ou qualquer tipo de macromoléculas, tais como proteínas e polímeros, de 1nm até 100µm. A amostra é separada dentro de um canal de fluxo sem qualquer fase estacionária ou sólida.

Todas as técnicas FFF baseiam-se no mesmo princípio mas diferem quanto aos campos de força utilizados: fluxo líquido, força centrífuga/rotação, gradiente térmico ou gravidade. Estas forças são aplicadas perpendicularmente ao fluxo principal que transporta a amostra através do canal. A influência destes campos de força em conjunto com o efeito de difusão resulta na formação de várias camadas que diferem entre si consoante o tamanho das partículas: partículas menores com difusão mais forte estão localizadas na parte superior do canal em linhas de corrente e eluem mais rapidamente; partículas maiores com menor coefiente de difusão são distribuídas em linhas de fluxo lento e são as últimas a eluírem. 

A Postnova propõe várias técnicas FFF usando os seguintes campos de força:

Fluxo Líquido: Multiflow FFF - Separação Universal

A técnica Flow FFF utiliza como campo de força um fluxo líquido perpendicular ao fluxo do canal. Graças à difusão dinâmica, as partículas da amostra são separadas em função do tamanho ou peso molecular. É a técnica ideal para a separação e caracterização de amostras complexas de proteínas, anticorpos, agregados, vacinas, lipossomas, nanopartículas, macromoléculas, ..., etc.

 

 

Força Centrífuga/Rotação: Centrifugal FFF - Separação de Partículas

 

Por sua vez, a técnica Centrifugal FFF utiliza a força centrífuga/rotação. As partículas são separadas de acordo com o seu coeficiente de difusão, e com base no seu tamanho e densidade. Esta propriedade única permite a separação de partículas do mesmo tamanho mas de materiais distintos. É ideal para a separação de nano e micro partículas de qualquer natureza, nanomateriais de carbono, emulsões, ..., etc.

 

 

Gradiente Térmico: Thermal FFF - Separação de Polímeros

A Thermal FFF faz uso de um gradiente térmico/variação da temperatura. Submetidos a difusão térmica, os polímeros são separados tendo em conta o seu peso molecular e a sua composição química. Graças a esta propriedade, os polímeros com peso molecular idêntico mas composição distinta são separados. É ideal para a separação de polímeros ou géis, naturais ou sintéticos, cruzados, ramificados, ..., etc.

 

Gravidade (sedimentação): Splitt FFF - Separação Preparatória de Micropartículas

Por último, a Splitt FFF usa a força da gravidade. As partículas são separadas segundo o seu tamanho e densidade mas também a sua forma. Dependendo do tamanho do canal utilizado pode ser recolhido material a partir das miligramas até as gramas. É ideal para a separação de macropartículas sintéticas, sedimentos, algas, plâncton, diatomáceas, ..., etc.

 

Detetores e vários módulos

A técnica FFF inclui, para além do sistema de separação e recolha de amostars, os detetores típicos de cromatografia líquida para a caracterização de partículas ou macromoléculas.

Todos os sistemas FFF da Postnova consistem em plataformas modulares proporcionando assim uma maior flexibilidade e robustez. A gestão é assegurada através de um único software, Nova FFF, que controla toda a plataforma desde o auto-amostrador até os vários detetores.

A Postnova oferece, para além dos sistemas completos FFF, alguns módulos e detetores individuais: permite a interface entre os equipamentos FFF e os detetores garantindo assim a maior flexibilidade possível. Em parceria com a Malvern Instruments, propõe como detetor DLS para os seus sistemas FFF o Zetasizer Nano S - líder de mercado - para a caracterização de nanopartículas e biomoléculas.

Postnova Analytics FFF Multiflow AF2000
Postnova Analytics FFF Centrifugal CF2000
Postnova Analytics FFF Thermal TF2000
Postnova Analytics FFF Splitt SF2000